sexta-feira, novembro 30, 2018

Antevisão: Lajense-Fayal Sport



Jogo grande nas Lajes do Pico, com o Fayal Sport a defrontar o Lajense, em jogo a contar para a 9ªjornada do campeonato.

O Lajense ocupa a liderança do campeonato, somando mais dois pontos em relação ao Fayal Sport, contabilizando 12 pontos fruto de quatro vitórias e duas derrotas.
A equipa do Fayal Sport vem de uma excelente vitória em casa diante do Flamengos, procura então dar seguimento aos resultados positivos e em caso de triunfo nas Lajes ultrapassa o Lajense, que na jornada anterior perdeu 3-2 frente ao Madalena.

O jogo está marcado para as 14h30 deste domingo.

quinta-feira, novembro 29, 2018

Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (01/12/2018)

Concentração - Petizes - 6ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos (11h30)

Concentração - Benjamins - 7ªjornada
Campo da Lajinha
Cedrense-Fayal Sport (10h30)

Taça AF Horta - Infantis - Apuramento 3º/4º Lugar
Campo Municipal da Madalena
Madalena-Fayal Sport "A" ((10h00)

Taça AF Horta - Infantis - Apuramento 5º/6º Lugar
Campo Municipal das Lajes do Pico
Lajense-Fayal Sport "B" (10h00)


DOMINGO (02/12/2018)

Campeonato - Iniciados - 9ªjornada
Campo do Vale
Flamengos "B"-Fayal Sport (10h30)

Campeonato - Seniores - 8ªjornada
Campo Municipal das Lajes
Lajense-Fayal Sport (14h30)

quarta-feira, novembro 28, 2018

Futebol Jovem


INFANTIS
Taça AF Horta - 6ªjornada
Fayal Sport "A" 4-3 Fayal Sport "B"

Folgou: Flamengos

Classificação Final:
1º Flamengos 12 pontos
2º Fayal Sport "A" 6 pontos
3º Fayal Sport "B" 0 pontos



INICIADOS
Campeonato - 8ªjornada
Cedrense 2-2 Fayal Sport
Flamengos "A" 3-1 Flamengos "B"`

Classificação:
1º Flamengos "A" 21 pontos
2º Flamengos "B" 9 pontos
3º Cedrense 8 pontos
4º Fayal Sport 8 pontos

terça-feira, novembro 27, 2018

"Os Verdes da Alagoa" - Os nossos atletas (6 de 9)


Em 1.º plano da esquerda para a direita: Paulo Romeiro, Fernando Faria,
Carlos Machado, João Ribeiro, Manuel Bulcão e Mário Barbosa.
De pé, pela mesma ordem: Os irmãos Manuel e João Almeida,
João Luís, Manuel Silveira, António Marques, Manuel Lima (Pirolito),
João Quadros, Manuel Cristo e Costa Pereira.

Envergou pela primeira vez a camisola do Fayal Sport Club quando tinha somente 10 anos de idade, tendo como treinador o Sr. Fernando Morisson, na altura jogador de seniores e campeão açoriano em 1959 pelo FSC.
Depois de passar pelas outras categorias, o Carlos Machado integrou a equipa de seniores, onde desempenhou, e bem, as três das quatro posições que são consideradas os pilares de qualquer equipa de futebol: avançado centro, defesa central e a guarda-redes. Só a posição de médio-centro é que não ocupou. Por isso, na história do decano dos clubes açorianos, ele deve ter sido um dos poucos jogadores que ocupou estas estratégicas posições dentro das quatro linhas.

Para além do futebol, Carlos Machado representou o Fayal Sport Club nas modalidades de andebol e basquetebol. No período em que cumpriu o serviço militar, em Angra do Heroísmo, jogou basquetebol no Sport Club Angrense e em 1973, fez parte da equipa sénior do Fayal Sport que se deslocou ao Estado de Massachussets, Estados Unidos.
Na continuação das nossas transcrições que o Jornal do Fayal Sport foi divulgando durante vários números, a seguir reproduzimos o texto que foi escrito referente a Carlos Alberto da Silva Machado e que foi publicado no N.º 55 de 2 de Janeiro de 1971:

Texto transcrito na íntegra por J. Luís

 “Carlos Machado um atleta discutido!
                                                 
Desportistas há que se impõem de imediato no conceito dos amantes do desporto. Outros, têm de trilhar um caminho semeado de dificuldades e de incompreensões, ganhando, mercê de “teimosia”, um lugar ao sol no nosso meio desportivo.
Carlos Machado é um atleta discutido, que ainda se não realizou completamente.
Dotado de invulgar capacidade atlética, pratica igual rendimento, futebol, basquetebol e andebol.
Dado que o futebol é entre nós o Desporto-Rei, é em relação a ele que vamos alongar um pouco a nossa análise deste valoroso futebolista.

Sempre que pensamos em MACHADO como futebolista, sentimos existir em nós uma ligeira dúvida sobre qual o lugar onde se poderia tirar maior rendimento das suas invulgares qualidade de “lutador” e da sua envergadura física.
Como “ponta de lança”, jogando na área adversária, tem feito bons jogos, aliando a uma coragem enorme, rasgos de inteligência que abrem clareiras de defensiva contrária. Para ser um bom avançado necessita de estar em condição física óptima e de cuidar um pouco mais da execução dos lances, que por vezes se perdem por deficiente domínio do esférico.

Joga com igual rendimento como extremo recuado, sendo que aqui a sua capacidade atlética se impõe em vastas zonas do relvado.
Tem sido também, sempre que a equipa disso tem necessitado, defesa central, e a verdade é que o seu bom jogo de cabeça e a “raça” e apego à camisola que põe na luta, fazem dele um jogador extremamente útil nesse posto.
É como guarda-redes, no entanto, que Carlos Machado pode, em nosso entender, ser mais útil à equipa. Não só porque o clube não tem neste momento outro jogador capaz de dar inteira confiança à equipa, mas sobretudo porque MACHADO possui todas as qualidades para triunfar em tão difícil posição.

Alto, dotado de bom poder de elevação e de mãos firmes. Atingiu o brilhantismo nalguns jogos em que na época passada defendeu as cores verdes como guarda-redes.
Das suas actuações, ficou a saudade de o voltarmos a ver, camisola negra colado ao corpo, entre os postes as cores do nosso glorioso. Não sabemos de quem entre nós o possa fazer melhor.
Sendo um temperamental, Machado é um jogador que precisa de acreditar em si próprio e de que acreditem e confiem nele. Muito jovem tem muito ainda para dar ao serviço do seu clube de sempre”.

Rectificações: No escrito N.º 23 e com o título “O 1.º curso da treinadores no Faial (1968)” na legenda da foto onde se lê “João Bettencourt Melo (FSC)” deve ler-se “Raúl Lima (SCH)”.
Novamente no escrito N.º 28 e respeitante a “José Silveira (Cácá)” onde se lê “O seu primeiro treinador, na recuada época de 1956, foi o Sr. Artur Cardoso Ferreira”, deve ler-se “O seu primeiro treinador, na recuada época de 1956, foi o Sr. Manuel Garcia Vasques”, também na altura jogador e campeão açoriano em 1959, pelo FSC.
Por estas duas “gaffes”, principalmente aos amigos envolvidos, apresentamos as nossas sinceras desculpas.

J. Luís

Publicado no Incentivo a 26 de Novembro 2018

segunda-feira, novembro 26, 2018

Fayal Sport 2-1 Flamengos


7ªjornada do Campeonato AF Horta
Domingo, 25 de Novembro de 2018
Estádio da Alagoa
Árbitro: Nuno Goulart Assistentes: Nuno Costa e Tatiana Melo


Fayal Sport - Danilo Lopes (gr), João Gonçalves, Marco Anselmo (cap), Tiago Teixeira, Sérgio Amorim, Alexandre Macedo, Ricardo Gomes, João Costa Pereira, Diogo Castro, Décio Fialho e Ronaldo Almeida.
Treinador: Luís Carlos Rosa.

Substituições: Diogo Castro por André Pereira (ao intervalo); Alexandre Macedo por Emanuel Lopes; Ronaldo Almeida por Sabino Borges; Décio Fialho por Tiago Gomes

Disciplina: Amarelo para Ricardo Gomes e Ronaldo Almeida

Golos: André Pereira 57´, Ronaldo Almeida 60´


Flamengos - Dinis Faria (gr), Ricardo André, Diogo Silva, Ricardo Amaral, José Oliveira, Wilson Sousa, João Dias, Sérgio Alvernaz (cap), Tiago Souto, Bruno Melo e Rui Faria.
Treinador: Hermínio Sousa.

Substituições: Rui Faria por Miguel Silva; Ricardo Amaral por Domingos Moura

Disciplina: Amarelo para Sérgio Alvernaz, José Oliveira e Ricardo Amaral

Golos: Bruno Melo 28´

Fayal Sport soma mais uma vitória



O Fayal Sport obteve a terceira vitória no campeonato, derrotando o Flamengos por 2-1, num encontro extremamente equilibrado, onde inclusive a turma da Alagoa esteve a perder, alcançando a reviravolta no resultado nos segundos 45 minutos, primeiro com um golo marcado pelo estreante André Pereira, cabendo ao jovem Ronaldo Almeida o segundo golo para o Fayal Sport.

Com esta vitória e aproveitando o desaire do Lajense frente ao Madalena, o conjunto verde está a dois pontos da liderança, sendo que na próxima jornada teremos precisamente um Lajense-Fayal Sport, no jogo grande da nona jornada.



MELHORES MARCADORES

4 golos - Bruno Melo (Flamengos)

3 golos - SABINO BORGES (FAYAL SPORT)

2 golos - RONALDO ALMEIDA (FAYAL SPORT); Emídio Melo, Rui Godinho, Filipe Melo e Hugo Leal (Lajense); Nuno Ventura, Luquinhas e José Carlos (Madalena); Rui Remédios (Atlético)

1 golo - MARCO ANSELMO, JOÃO COSTA PEREIRA e ANDRÉ PEREIRA (FAYAL SPORT); Leonardo Teixeira, Miguel Oliveira e Dylan Madruga (Lajense); Diogo Silva, Fred Leão, Diogo Trindade e Milton Mota (Atlético); João Dias e José Oliveira (Flamengos); Renato Matos, Diogo Oliveira, Eduardo Cabral e Emerson Spencer (Madalena)

domingo, novembro 25, 2018

sábado, novembro 24, 2018

Fayal Sport-Flamengos com transmissão no Youtube


O jogo entre o Fayal Sport e o Flamengos a contar para a sétima jornada do campeonato, contará com transmissão no Youtube, no canal oficial do Fayal Sport Club.

sexta-feira, novembro 23, 2018

Antevisão: Fayal Sport-Flamengos



Primeiro jogo para o Fayal Sport nesta segunda volta do campeonato, recebendo o Flamengos em jogo a contar para a sétima jornada, sendo que decorridas que estão seis jornadas, o Fayal Sport está no terceiro lugar com sete pontos, enquanto o Flamengos encontra-se na quarta posição com cinco pontos.

Na ronda anterior, tanto o Fayal Sport como o Flamengos não jogaram, mas desta feita por motivos distintos. Os verdes folgaram, sendo que o Flamengos viu o seu jogo diante do Madalena ser adiado devido a más condições do relvado.

O jogo está marcado para as 15h00 deste domingo.

quinta-feira, novembro 22, 2018

Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (24/11/2018)


Concentração - Petizes - 5ªjornada
Campo do Vale
Flamengos-Fayal Sport (10h30)

Taça AF Horta - Infantis - 6ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport "A"-Fayal Sport "B" (10h30)


DOMINGO (25/11/2018)

Campeonato - Iniciados - 8ªjornada
Campo da Lajinha
Cedrense-Fayal Sport (10h00)

Campeonato - Seniores - 7ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos (15h00)

quarta-feira, novembro 21, 2018

Futebol Jovem


INFANTIS
Taça AF Horta - 5ªjornada
Flamengos 7-2 Fayal Sport "A"

Folgou: Fayal Sport "B"

Classificação:
1º Flamengos 12 pontos
2º Fayal Sport "A" 3 pontos
3º Fayal Sport "B" 0 pontos



INICIADOS
Campeonato - 7ªjornada
Fayal Sport 2-0 Flamengos "A"
Flamengos "B" 3-0 Cedrense

Classificação:
1º Flamengos "A" 18 pontos
2º Flamengos "B" 9 pontos
3º Cedrense 7 pontos
4º Fayal Sport 7 pontos

terça-feira, novembro 20, 2018

"Os Verdes da Alagoa" - Os nossos atletas (5 de 9)


Em 1.º plano da esquerda para a direita: Honorato Furtado, Fernando Faria,
João Ângelo, Gaspar Neves (jogador/treinador),
José Silveira, Mário Silva e Helder Quaresma.
De pé, pela mesma ordem: Mário Barbosa, Mário Carmo, Emanuel Rodrigues,
Manuel Cristo, Manuel Raposo, João Luís, o irmão Amílcar Quaresma 
e José Almeida.

Nasceu a 7 de Dezembro de 1944, na freguesia da Madalena, Ilha do Pico e é filho de João Pires Quaresma (ex-jogador e dirigente do FSC) e de Ema Faria Goulart.
Iniciou a sua carreira desportiva no Fayal Sport Club nas escolas de jogadores na época de 1960/61 tendo feito a sua primeira inscrição na categoria de seniores na época de 1962/63.
Estreou-se na categoria principal do clube a 3 de Fevereiro de 1963, em encontro particular integrado no aniversário do 54.º ano de existência do Angústias Atlético Clube, frente ao Sporting Club da Horta e fez o seu primeiro jogo oficial na referida categoria, a 3 de Março de 1963, novamente frente ao SCH.

Como suplente, deslocou-se a Angra do Heroísmo em 1962/63, para a disputa do seu primeiro Torneio de Classificação à Taça de Portugal e em 1964/65, desloca-se a Ponta Delgada para a segunda disputa e em 1965/66, na Horta, para a terceira vez consecutiva do mesmo Torneio.
Durante os anos que envergou a camisola verde, o Helder Quaresma, contribuiu para a conquista de quatro Campeonatos Distritais: 1963/64, 1964/65, 1965/66 e 1969/70 e participou ainda em três Torneios de Classificação à Taça de Portugal.
Actualmente reside nos Estados Unidos da América do Norte.
Continuando a transcrever o que no Jornal do Fayal Sport foi divulgando durante vários números, a seguir reproduzimos o que foi escrito referente a Helder Goulart Quaresma e que foi publicado no N.º 50 de 1 de Agosto de 1970:

Texto transcrito na íntegra por J. Luís


“Helder Quaresma

Há nove anos que é desportista do Clube, tendo-se iniciado na categoria de Escolas de Jogadores.
Já alinhou em diversos lugares da equipa verde, como defesa, médio e avançado.
Actualmente – e já no fim da época – fixou-se no posto de defesa esquerdo, definindo-se como um jogador seguro, difícil de passar.
Não sendo um elemento fora de série – pois nem todos o podem ser – tem, no entanto, bom sentido de jogo e é um bom executante, trabalhando bem a bola, tendo boas entregas e vigiando capazmente o seu adversário mais directo.
O Hélder Quaresma é um Atleta com quem o Clube pode contar.
Apesar de ser já um “catedrático” no Clube Verde – pois os anos de actividade já lhe dão jus a esse título – nunca recusou a sua colaboração, sendo ainda mais de realçar a boa vontade com que tem vindo a alinhar – até mesmo esta época – em diversos lugares da equipa, segundo as necessidades do momento e as intenções do seu treinador.

Mesmo ausente, quando teve de cumprir serviço militar obrigatório, nunca deixou de praticar desportos, mormente o futebol e foi por isso que o seu regresso não coincidiu com a quebra que muitos futebolistas vêm a sentir quando, após um longo interregno, voltam a calçar as botas e dar o seu contributo às equipas a que pertencem.
O Helder Quaresma é um atleta ainda bastante novo.
Os seus 25 anos de idade permitem-lhe continuar a praticar desporto por bastante tempo mais.
O Fayal Sport Club tem, portanto, nas suas fileiras, um futebolista honesto e cumpridor, valoroso e lutador que, podendo ocupar lugares indefinidos dentro da sua equipa, vai colmatando – e bem – as maiores brechas que, ocasionalmente, surgem no conjunto verde.

Apesar de tudo isto e de o já termos visto jogar em diversos lugares da equipa, é neste, de defesa, esquerdo ou direito, que o seu valor futebolístico é mais firmemente realçado.
Helder Quaresma Goulart nasceu a 7 de Dezembro de 1944. Alinhou pelas Escolas de Jogadores nas épocas de 1960/61, 61/62 e 62/63, tendo feito a sua primeira inscrição como Sénior na época de 62/63 a 12 de Dezembro de 1962”.

J. Luís

Publicado no Incentivo a 19 de Novembro 2018

segunda-feira, novembro 19, 2018

Campeonato AF Horta



MELHORES MARCADORES

3 golos - SABINO BORGES (FAYAL SPORT); Bruno Melo (Flamengos)

2 golos - Emídio Melo, Rui Godinho e Filipe Melo (Lajense); Nuno Ventura e Luquinhas (Madalena); Rui Remédios (Atlético)

1 golo - MARCO ANSELMO, RONALDO ALMEIDA e JOÃO COSTA PEREIRA (FAYAL SPORT); Hugo Leal, Leonardo Teixeira e Miguel Oliveira (Lajense); Diogo Silva, Fred Leão, Diogo Trindade e Milton Mota (Atlético); João Dias e José Oliveira (Flamengos); Renato Matos, Diogo Oliveira e José Carlos (Madalena)

domingo, novembro 18, 2018

Basquetebol


Adquire já a tua boneca personalizada e o porta chaves do Fayal Sport Club!

Para mais informações, contacte o Departamento de Basquetebol do Fayal Sport.

sábado, novembro 17, 2018

Secretaria do Fayal Sport Club


Horário de funcionamento
Todas as Segundas-feiras das 17:30 às 18:30 ( excepto feriados )

- Propostas de novos Sócios ;
- Regularização de cotas com emissão de recibos ;
- Assuntos relacionados com Futebol, Futsal, Basquetebol;
- Outros assunto de interesse

Contactos dentro do horário de funcionamento pelo telefone 292 700 661
Fora do horário de funcionamento pelo e-mail fayalsportclubesecretaria@gmail.com

sexta-feira, novembro 16, 2018

quinta-feira, novembro 15, 2018

Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (17/11/2018)

Concentração - Traquinas - 5ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Feteira (11h30)

Concentração - Benjamins - 6ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Feteira (10h00)

Taça AF Horta - Infantis - 5ªjornada
Campo do Vale
Flamengos-Fayal Sport "A"


DOMINGO (18/11/2018)

Campeonato - Iniciados - 7ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos "A" (10h30)

quarta-feira, novembro 14, 2018

Futebol Jovem


INFANTIS
Taça AF Horta - 4ªjornada
Fayal Sport "B" 1-8 Flamengos

Folgou: Fayal Sport "A"

Classificação:
1º Flamengos 9 pontos
2º Fayal Sport "A" 3 pontos
3º Fayal Sport "B" 0 pontos



INICIADOS
Campeonato - 6ªjornada
Fayal Sport 1-3 Flamengos "B"
Flamengos "A" 2-0 Cedrense

Classificação:
1º Flamengos "A" 18 pontos
2º Cedrense 7 pontos
3º Flamengos "B" 6 pontos
4º Fayal Sport 4 pontos

terça-feira, novembro 13, 2018

"Os Verdes da Alagoa" - Os nossos atletas (4 de 9)


Em 1.º plano da esq. para a direita: Armando Sousa, Gaspar Neves (jogador/treinador), 
Fernando Faria, Mário Macedo e Necas Madruga.
De pé, pela mesma forma: José Almeida, João Ângelo, Alfredo Simão,
Manuel Raposo, Manuel Cristo e João Luís.

No ano de 1959, tinha ele 15 anos e estava o FSC a festejar 50 anos de existência, quando envergou pela primeira vez a camisola dos “Verdes da Alagoa”. Essa equipa era treinada por Manuel Vasques que, fazendo parte da equipa sénior, foi campeão açoriano nesse mesmo ano, tendo emigrado para os Estados Unidos em 1961.
Na sua juventude praticou todos os desportos que por cá existiam – futebol, atletismo, basquetebol, andebol, ténis de mesa, voleibol…, excepto hóquei em patins.
Manteve-se, porém, ligado ao seu clube de sempre. Foi durante dois anos (1978-1980) membro da Direcção e foi nesse mandato que começou a utilização da nova Sede-Ginásio (hoje a precisar de profundas e dispendiosas recuperações) e foi também em 1979 que teve o privilégio de voltar com uma equipa de futebol aos Estados Unidos. Agora, ao contrário do jovem jogador da Selecção de 1965, era como Presidente da Direcção (1978/1979) e dirigente da equipa sénior do FSC que ia a terras da Califórnia, onde lhes proporcionaram um acolhimento notável, ao qual todos souberam corresponder.

 Nos anos 80 e 90 do século XX foi, durante alguns anos, Presidente da Mesa da Assembleia-Geral do FSC, de que é Sócio de Mérito desde 1984.
Seguindo o mesmo trajecto de transcrições, a seguir reproduzimos o que foi escrito no Jornal do Fayal Sport Club no número 48 de 6 de Junho de 1970, referente a Fernando Manuel Faria Ribeiro:

Texto transcrito na íntegra por J. Luís

“Fernando Faria
Uma legenda do Desporto Açoriano

Admiramos Faria e o que ele representa como símbolo de desportista exemplar.
Futebolista de craveira invulgar do Desporto Açoriano, não receamos classificá-lo como um dos mais perfeitos executantes que pisaram os nossos relvados.
Dotado de apurada técnica, ágil, felino, duma rapidez impressionante, possuidor dum dribling curto, que frequentemente prende os adversários ao solo, é ainda um estratega excepcional, metendo com preciosidade a bola à frente dos seus avançados.
Temos ainda na retina algumas imagens bem nítidas do primeiro jogo que vimos realizar a Fernando Faria, numa altura em que, depois de passar algum tempo em S. Miguel, se estreava na primeira categoria do Fayal, tendo nessa data 16 anos.
Pequeno, franzino, cedo impressionou pela determinação com que se batia pondo em cada jogada a inteligência e a habilidade nata, ao serviço do futebol. Marcou salvo erro dois golos e logo se afirmou como um “pequeno” grande jogador.
Depois, com o rolar dos anos, veio a confirmação do muito que prometera.
Quantas alegrias, quantas vitórias lhe deve o Fayal Sport Club!

As suas arrancadas impressionantes de velocidade, terminavam normalmente com remates mortais ou centros medidos a esquadro, semeando o pânico nos adversários. Tão grande jogador, tanta fibra, num corpo aparentemente frágil que suportou tanta pancada sem uma reacção de desagravo. Capitão da equipa vezes sem conta, ele é bem o símbolo de quanto pesa a gloriosa camisola verde. Antes de terminar. Algumas palavras para o seu ecletismo.
Tal como no futebol, Faria atingiu craveira invulgar no Basquetebol, Andebol e Futebol de Salão. Nesta modalidade tem dado colaboração como atleta e treinador. Aqui, como no futebol, uma legenda do Nosso Desporto.
É no Atletismo, entretanto, que atinge uma posição particularmente brilhante e julgamos que no Continente, com conveniente preparação, muito teria feito nas provas de velocidade.

Foi ainda exímio praticante de ping-pong, tendo ganho uma medalha de prata nas provas organizadas pelo F.S.C..
No Atletismo, pertencem-lhe os records:
100 metros: 11s 4/10; 200 metros: 23s 3/10; Salto em comprimento: 6,19 metros;
Em 1962, representando o Centro de Recreio Popular da Conceição nos Jogos Desportivos do Trabalho, na cidade de Lisboa, obteve o 2.º lugar na prova de estafeta 4x100, fazendo equipa com Armando Sousa, Antero Gonçalves e Honorato Furtado. Em 1966, na cidade do Porto, na disputa da mesma prova, conquistou novamente o 2.º lugar na estafeta de 4x100 que desta vez foi composta por Armando Sousa, Necas Madruga e João Castro.
Títulos conquistados: Campeão de Juniores em 1958/59. Campeão de Seniores em 1963/64, 64/65, 67/68 e 69/70.
Participou em 3 Torneios Açorianos à Taça de Portugal e a 1 torneio à Taça dos Campeões Açorianos.
Em 1966 e 1967, integrado nas equipas da Universidade de Coimbra, participou nos Jogos Desportivos Universitários realizados respectivamente, em Setúbal e em Coimbra”

J. Luís

Publicado no Incentivo a 12 de Novembro 2018

segunda-feira, novembro 12, 2018

Fayal Sport 3-0 Atlético


4ªjornada da Taça AF Horta
Domingo, 11 de Novembro de 2018
Estádio da Alagoa
Árbitro: Nuno Costa Assistentes: Letícia Melo e Melissa Pereira


Fayal Sport - Mike Garcia (gr), João Gonçalves, Marco Anselmo (cap), Tiago Teixeira, Sérgio Amorim, Alexandre Macedo, Ricardo Gomes, João Costa Pereira, Sabino Borges, Décio Fialho e Ronaldo Almeida.
Treinador: Luís Carlos Rosa.

Substituições: Tiago Teixeira por Emanuel Lopes (ao intervalo); João Gonçalves por Paulo Pereira (ao intervalo); Alexandre Macedo por Diogo Castro; Mike Garcia por Danilo Lopes

Disciplina: Amarelo para Ricardo Gomes, Emanuel Lopes e Alexandre Macedo

Golos: João Costa Pereira 8´, Ronaldo Almeida 42´e 80´


Atlético - Rui Puim (gr), Hugo Pascoal, Roberto Silva (cap), Bruno Rosa, Gonçalo Rodrigues, Fábio Rosa, Hugo Silva, Romário Pires, Miguel Jorge, Diogo Trindade e Diogo Medeiros.
Treinador: Jeremy Maiato.

Substituições: Gonçalo Rodrigues por Elias Róias (ao intervalo); Romário Pires por César Andrade (ao intervalo); Hugo Silva por Gonçalo Ferreira; Diogo Medeiros por Ricardo Cordeiro

Disciplina: Amarelo para Fábio Rosa, Gonçalo Rodrigues, Romário Pires, Roberto Silva, Hugo Pascoal, Diogo Medeiros, Ricardo Cordeiro e César Andrade

Golos: não houve

Triunfo na Alagoa



O Fayal Sport recebeu neste domingo o Atlético para a quarta jornada da Taça AF Horta e venceu por 3-0, com destaque para os golos marcados por Ronaldo Almeida (bis) e João Costa Pereira.
Com esta vitória e aproveitando o desaire do Flamengos diante do Madalena, o Fayal Sport passa a estar isolado na liderança da Taça AF Horta.

A Taça AF Horta regressa apenas no mês de Janeiro, com o Fayal Sport a defrontar o Flamengos, precisamente o próximo adversário da turma verde, neste caso para o campeonato.




MELHORES MARCADORES

4 golos - RONALDO ALMEIDA (FAYAL SPORT)

3 golos - JOÃO COSTA PEREIRA (FAYAL SPORT); Diogo Oliveira (Madalena)

2 golos - GUSTAVO MELO (FAYAL SPORT); Bruno Melo e Rui Faria (Flamengos); Ivo Pereira e Renato Matos (Madalena)

1 golo - BELCHIOR NEVES (FAYAL SPORT); Nuno Ventura e Luquinhas (Madalena); Hugo Leal, Leonardo Teixeira e Rui Godinho (Lajense); Diogo Medeiros (Atlético)

domingo, novembro 11, 2018

sábado, novembro 10, 2018

Fayal Sport-Atético com transmissão no Facebook



O jogo entre o Fayal Sport e o Atlético a contar para a quarta jornada da Taça AF Horta, contará com transmissão no Facebook, na página oficial do Fayal Sport Club.

Será uma iniciativa inédita no clube, sendo uma oportunidade única para quem se encontra fora de ilha de assistir a este jogo.

sexta-feira, novembro 09, 2018

Basquetebol



Antevisão: Fayal Sport-Atlético



Depois de um empate alcançado nas Lajes do Pico frente ao Lajense, o Fayal Sport procura regressar aos triunfos, recebendo o Atlético, num jogo a contar para a quarta jornada da Taça AF Horta, numa altura onde os verdes estão na liderança, estando em igualdade pontual com o Flamengos, enquanto o Atlético surge na terceira posição, somando uma vitória e uma derrota.

O jogo está marcado para as 15h00 deste domingo e conta com transmissão no Facebook do Fayal Sport Club.

quinta-feira, novembro 08, 2018

Onda Verde



Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (10/11/2018)

Concentração - Traquinas - 4ªjornada
Campo do Vale
Flamengos-Fayal Sport (10h30)

Concentração - Benjamins - 5ªjornada
Campo da Lajinha
Cedrense-Fayal Sport (10h30)

Taça AF Horta - Infantis - 4ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport "B"-Flamengos (09h45)


DOMINGO (11/11/2018)

Campeonato - Iniciados - 6ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport -Flamengos "B" (10h30)

Taça AF Horta - Seniores - 4ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Atlético (15h00)

quarta-feira, novembro 07, 2018

Futebol Jovem


INFANTIS
Taça AF Horta - 3ªjornada
Fayal Sport "B" 1-6 Fayal Sport "A"

Folgou: Flamengos

Classificação:
1º Flamengos 6 pontos
2º Fayal Sport "A" 3 pontos
3º Fayal Sport "B" 0 pontos



INICIADOS
Campeonato - 5ªjornada
Fayal Sport 1-1 Cedrense
Flamengos "B" 0-3 Flamengos "A"

Classificação:
1º Flamengos "A" 15 pontos
2º Cedrense 7 pontos
3º Fayal Sport 4 pontos
4º Flamengos "B" 3 pontos

terça-feira, novembro 06, 2018

"Os Verdes da Alagoa" - Os nossos atletas (3 de 9)


Em primeiro plano da esquerda para a direita: Fernando Faria, Gaspar Neves,
João Ângelo, Victor Pinheiro e Antero Gonçalves.
De pé, pela mesma ordem: Mário Valente (treinador), José Machado,
Manuel Rodrigues Moniz, desportivamente conhecido por “Manuel Raposo” e um dos campeões açorianos em 1959. O seu funeral realizou-se no dia 27 de Outubro e segundo fomos informados, o seu caixão não foi coberto com a bandeira do FSC. A toda a família enlutada, enviamos as nossas sentidas condolências). Seguem-se Fernando Morisson, Norberto Dutra, Manuel Gaspar, João Luís, Manuel Vasques, José Silveira (Cácá)
e Francisco Machado (Director)

Era com muita vontade que para dar uns pontapés na bola, nos dias de treino, o José Silveira fizesse muitas vezes o percurso Flamengos/Conceição, a pé.
Fomos testemunhas de que o José Silveira não faltava a nenhum treino, quer enquanto passou pela categoria de juniores, como, depois, quando ingressou na categoria de seniores.
O seu primeiro treinador, na recuada época de 1956, foi o Sr. Artur Cardoso Ferreira, ex-jogador do FSC e que tinha a seu cargo as camadas mais jovens.
Os treinos de noite eram efectuados com uns pequenos projectores que davam somente luz em frente à bancada, mas mesmo assim, sem as melhores condições, de qualquer ordem, o José Silveira estava sempre presente para fazer o que, nessa época, a maioria dos jovens gostavam de fazer: jogar à bola.
Mas continuando a transcrever o que o Jornal do Fayal Sport publicou sobre alguns dos jogadores, o número 47 de 4 de Maio de 1970, divulgava numa da suas páginas o texto seguinte, referente a José Silveira da Rosa, jogador que num dos primeiros trabalhos desta série desportiva, foi citado.

Texto transcrito na íntegra por J. Luís

“José Silveira
(Cácá)

Foi a 17 de Outubro de 1943, na freguesia dos Flamengos, que nasceu aquele que mais tarde o futebol popularizou como o “Cácá”. Vão decorridos, pois, 26 anos.
Desde muito cedo José Silveira da Rosa sentiu inclinação para o desporto, e o futebol, como não podia deixar de ser, passou a fazer parte integrante das suas diversões de criança. Por isso não admira que em 25 de Outubro de 1956, com 13 anos apenas, se inscrevesse no Fayal Sport, clube da sua predilecção. Em 21 de Novembro de 1956, fazia a sua primeira inscrição associativa na categoria das Escolas de Jogadores, para cerca de um mês depois, a 30 de Dezembro, fazer o seu 1.º jogo oficial.
Esteve nas Escolas e nos Juniores até à época de 1960/61, com a particularidade de na última época em que alinhou na equipa de Juniores (formando equipa com Madruga, J. Luís, M. Barbosa e Faria, entre outros) ter alinhado a… guarda-redes. E o Silveira, terror dos guardiões contrários, passou assim de carrasco a mártir….

Em fins de 1964 dava novo rumo à sua vida. O futebol continental, sonho de quem tem qualidades, foi tentativa e o Belenenses a sua meta onde se fixou como reservista. Devido a lesões não conseguiu ascender a plano de maior relevo.
Representou o Famalicão, Estrela F.C. e o Sp. Espinho. Não foi feliz o “Cácá”. As lesões não o deixaram e por fim o serviço militar pôs ponto final à sua carreira de futebolista na Metrópole. Isto porque numa acção militar no Ultramar ficou ferido numa perna. Esteve em tratamento e para tal voltou a Lisboa. Depois regressou aos Açores e é esta a sua primeira época ao serviço do “Velhinho” após cerca de seis anos de ausência.

Regressou cheio de ambições e foi aguardado com expectativa e esperança pelos adeptos do Fayal. E o José Silveira tudo tem tentado para corresponder. Dedicado aos treinos e brioso nos jogos. Mas porque conhecemos o seu real valor cremos que ele não atingiu o seu máximo. Aguardemos que recupere, acima de tudo psicologicamente das lesões sofridas. A correcção, o toque de bola evoluído, a habilidade natural, a experiência futebolística e o remate fácil e colocado exprimem e são o maior testemunho do excelente atleta que é o José Silveira e que para as modestas possibilidades do meio, sem condições materiais ou financeiras, já querem dizer muita coisa. Mais que não seja, definem o próprio atleta”.
Para além do futebol o José Silveira da Rosa praticou atletismo, tendo participado nos jogos desportivos do trabalho em 1962. Foi Campeão de Juniores em 1958/59. Participou no Torneio de Classificação em 1962/63 e foi Campeão de Seniores nas épocas de 1963/64 e 69/70.

J. Luís

Publicado no Incentivo a 05 de Novembro 2018

segunda-feira, novembro 05, 2018

Lajense 3-3 Fayal Sport


3ªjornada da Taça AF Horta
Domingo, 04 de Novembro de 2018
Campo Municipal das Lajes
Árbitro: Nuno Goulart Assistentes: Luís Goulart e José Ferreira


Lajense - Rui Silva (gr), Bruno Barbosa, Brian Tomás, Hélder Silva (cap), Nuno Azevedo, Hugo Leal, Miguel Oliveira, Rui Godinho, Leandro Teixeira, Emídio Melo e Leonardo Teixeira.
Treinador: Márcio Vieira.

Substituições: Rui Silva por Bruno Terra; Leonardo Teixeira por Rodrigo Ferreira (ao intervalo); Leandro Teixeira por Nuno Silva (ao intervalo); Nuno Azevedo por Daniel Mateus; Bruno Barbosa por Simão Cedros

Disciplina: Amarelo para Leonardo Teixeira, Nuno Azevedo, Leandro Teixeira, Emídio Melo, Bruno Barbosa, Nuno Silva e Bruno Terra

Golos: Rui Godinho 7´, Hugo Leal 21´, Leonardo Teixeira 43´


Fayal Sport - Mike Garcia (gr), Belchior Neves, Marco Anselmo (cap), Tiago Teixeira, João Gonçalves, Diogo Castro, João Costa Pereira, Sabino Borges, Gustavo Melo, Tiago Gomes e Ronaldo Almeida.
Treinador: Luís Carlos Rosa.

Substituições: Tiago Gomes por Paulo Pereira

Disciplina: Amarelo para Ronaldo Almeida, Gustavo Melo, Belchior Neves e João Costa Pereira
Vermelho por acumulação para Gustavo Melo

Golos: João Costa Pereira 9´, Ronaldo Almeida 17´, Belchior Neves 59´

Empate nas Lajes



Num jogo emocionante e com muitos golos, Lajense e Fayal Sport empataram a três, num encontro a contar para a 3ªjornada da Taça AF Horta.
Com este empate, o Fayal Sport lidera juntamente com o Flamengos, contabilizando ambos quatro pontos.
Neste encontro contra o Lajense os golos do Fayal Sport foram apontados por Belchior Neves, João Costa Pereira e Ronaldo Almeida.




MELHORES MARCADORES

2 golos - GUSTAVO MELO, JOÃO COSTA PEREIRA e RONALDO ALMEIDA (FAYAL SPORT); Bruno Melo (Flamengos); Ivo Pereira (Madalena)

1 golo - BELCHIOR NEVES (FAYAL SPORT); Rui Faria (Flamengos); Nuno Ventura, Renato Matos e Luquinhas (Madalena); Hugo Leal, Leonardo Teixeira e Rui Godinho (Lajense); Diogo Medeiros (Atlético)

domingo, novembro 04, 2018

sábado, novembro 03, 2018

sexta-feira, novembro 02, 2018

Antevisão: Lajense-Fayal Sport



Depois de uma goleada ao Madalena no primeiro jogo do Fayal Sport para a Taça AF Horta, o conjunto da Alagoa desloca-se até à ilha do Pico, tendo pela frente o Lajense, equipa que nesta competição soma um ponto em dois jogos realizados, enquanto o Fayal Sport está no segundo lugar, somando três pontos, numa prova de momento liderada pelo Flamengos, que soma quatro pontos.

O jogo está marcado para as 14h30 deste domingo.

quinta-feira, novembro 01, 2018

Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (03/11/2018)

Concentração - Petizes - 4ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos (11h45)

Concentração - Infantis - 3ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport "B"-Fayal Sport "A" (10h00)


DOMINGO (04/11/2018)

Campeonato - Iniciados - 5ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Cedrense (10h30)

Taça AF Horta - Seniores - 3ªjornada
Campo Municipal das Lajes do Pico
Lajense-Fayal Sport (14h30)

Fayal Sport 4-1 Madalena


1ªjornada da Taça AF Horta
Quinta-Feira, 01 de Novembro de 2018
Estádio da Alagoa
Árbitro: Flávio Costa Assistentes: André Duarte e Tatiana Melo


Fayal Sport - Danilo Lopes (gr), Belchior Neves, Emanuel Lopes, Tiago Teixeira, João Gonçalves, Marco Anselmo (cap), Alexandre Macedo, João Costa Pereira, Diogo Castro, Gustavo Melo e Ronaldo Almeida.
Treinador: Luís Carlos Rosa.

Substituições: João Gonçalves por Sérgio Amorim (ao intervalo); Diogo Castro por Ricardo Gomes; Alexandre Macedo por Tiago Gomes; Gustavo Melo por Paulo Pereira

Disciplina: Amarelo para Alexandre Macedo

Golos: Gustavo Melo 30´e 63´, Ronaldo Almeida 40´, João Costa Pereira 85´(gp)


Madalena - Flaviano Nanque (gr), Emanuel Rosa (cap), Pedro Luís, José Carlos, Bruno Maia, José Rodrigues, Bruno Xavier, Renato Matos, Emerson Spencer, Ivo Pereira e Luquinhas.
Treinador: Nuno Ventura.

Substituições: José Rodrigues por Diogo Oliveira; Bruno Xavier por Gonçalo Sousa

Disciplina: Amarelo para Pedro Luís e Emanuel Rosa

Golos: Ivo Pereira 61´

Goleada na Taça



Início com o pé direito para o Fayal Sport na Taça AF Horta, ao golear no Estádio da Alagoa o Madalena por 4-1. Os golos dos verdes da Alagoa foram marcados por Gustavo Melo (bis), João Costa Pereira e Ronaldo Almeida.

Com esta vitória, o Fayal Sport encontra-se na segunda posição em igualdade pontual com o Madalena, estando a um ponto do Flamengos. Na próxima jornada, os verdes defrontam o Lajense para a terceira jornada da Taça AF Horta.




MELHORES MARCADORES

2 golos - GUSTAVO MELO (FAYAL SPORT); Bruno Melo (Flamengos); Ivo Pereira (Madalena)

1 golo - JOÃO COSTA PEREIRA e RONALDO ALMEIDA (FAYAL SPORT); Rui Faria (Flamengos); Nuno Ventura e Renato Matos (Madalena)