sexta-feira, janeiro 04, 2019

Antevisão: Flamengos-Fayal Sport



Depois da interrupção devido à quadra natalícia, os jogos regressam neste fim de semana, com o Fayal Sport a defrontar no campo do Vale o Flamengos, em jogo respeitante à quinta jornada da Taça AF Horta.
Decorridas que estão quatro jornadas, o Fayal Sport lidera a prova com sete pontos, enquanto o Flamengos surge na terceira posição com quatro pontos. Esta Taça AF Horta é disputada a duas voltas, sendo que o vencedor da mesma garante acesso à Supertaça Dr. Manuel Faria de Castro e a presença na próxima edição da Taça de Portugal.

O jogo está marcado para as 15h00 deste domingo.

quinta-feira, janeiro 03, 2019

Agenda Desportiva


FUTEBOL

SÁBADO (05/01/2019)

Concentração - Traquinas - 7ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos (11h30)

Concentração - Benjamins - 9ªjornada
Estádio da Alagoa
Feteira-Fayal Sport (11h30)

Campeonato - Infantis - 1ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport "B"-Fayal Sport "A" (09h45)


DOMINGO (06/01/2019)

Campeonato - Iniciados - 12ªjornada
Estádio da Alagoa
Fayal Sport-Flamengos "B" (10h30)

Taça AF Horta - Seniores - 5ªjornada
Campo do Vale
Flamengos-Fayal Sport (15h00)

quarta-feira, janeiro 02, 2019

terça-feira, janeiro 01, 2019

"Os Verdes da Alagoa" - Os históricos adversários dos nosso tempo

Em primeiro plano, da esquerda para a direita: Manuel Vicente, 
José Eugénio, Manuel Serpa (mascote), João Campos “Jony”,
António Medeiros “Besugo” e Carlos Eugénio.
Em pé, pela mesma ordem: António Silveira “Cantoa”, José Alemão,
Hildeberto Serpa, Manuel Amadeu, Afonso Zeferino e Manuel Pavão.

Em primeiro plano, da esquerda para a direita: Ruben Silveira,
Serafim “Piroco”, José Fernando “Chino”, Abel Lima e Valdemar Simões.
Em pé, pela mesma ordem: Cândido Capaz, João Vieira “Panú”,
Abílio Bettencourt, Alberto Soares, Manuel Gomes,
e Adolfo Flores “Salsa”.

Nos tempos - os nossos - que já lá vão, existiam nesta ilha somente três clubes de futebol que, em qualquer jogo que participassem, enchiam os campos de espectadores.
No estádio da Alagoa, nos jogos do Angústias Atlético Clube e do Sporting Club da Horta contra a equipa da casa, a maioria dos seus adeptos distribuíam-se pelo peão situado a norte do campo. Os adeptos do FSC enchiam os camarotes e a bancada coberta do estádio e nos lados laterais, alguns adeptos das equipas adversárias.

No campo da Doca, pertencente ao Sporting Club da Horta, os adeptos dos três clubes distribuíam-se do seguinte modo: os do FSC colocavam-se no peão coberto por ervas, a sul do mesmo; na bancada descoberta sentavam-se os adeptos do SCH e no lado norte os adeptos do Angústias Atlético Clube.
Os campos enchiam-se de pessoas entusiasmadas pela sua equipa e, principalmente, nos jogos contra o Angústias Atlético Clube, quando acabava o prélio, os seus adeptos esperavam no Canto da Doca (junto à igreja das Angústias) pelos jogadores adversários para os apupar ou “gozar”, no caso de saírem vencedores da “contenda” mas, no caso de saírem vencidos, não aparecia ninguém. Essas provocações não passavam de palavras, sobre as quais poucos ou ninguém respondia. Mas algo tem de ser aqui realçado: nas competições açorianas em que o Fayal Sport participava, sempre recebeu telegramas a desejar boa sorte aos “Verdes da Alagoa”, de ambos os clubes faialenses.
Nessa época, os desportistas do Fayal Sport Club deslocavam-se de suas casas a pé – muitos deles com residência na freguesia da Conceição - e quando acabava o encontro de futebol, regressavam novamente do mesmo modo que tinham ido. O contínuo do clube levava as botas e o equipamento numa viatura que pertencia a um director ou então num carro de praça.

Nesse tempo, salvo uma ou outra excepção, os campos de futebol enchiam – porque estavam sempre presentes as claques dos três clubes - e um encontro de futebol era uma autêntica festa.
Os anos foram passando e há pouco mais de 30 anos, foram inscritas na Associação de Futebol da Horta 6 equipas das nossas freguesias rurais que nessas épocas estavam inscritas na FNAT (Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho) hoje INATEL.
A Associação de Futebol, estatisticamente, passou a ser aquela que mais jogadores tinha inscritos na Federação Portuguesa da modalidade. Uma ilha pequena como a nossa, possuir um total de 9 equipas de futebol era coisa inédita, mas ninguém pensou que a estratégia de ter inscrito um grande número de equipas seria mau, mesmo muito mau para o futebol faialense.
E foi assim, pagando a jogadores e a treinadores, que os históricos clubes da nossa ilha foram perdendo a sua hegemonia no futebol faialense.
A quantidade obrigou a que a qualidade desaparecesse dos nossos campos de futebol e hoje temos um calendário mais dispendioso com deslocações para o Pico (e não só) e o futebol, onde a assistência é pouco numerosa e com as dificuldades em arranjar quem queira fazer parte dos corpos directivos destes históricos clubes, prevemos um futuro nada radiante para os mesmos.

Naquele tempo, os nossos clubes eram geridos com dignidade, onde havia respeito por todos aqueles que envergavam a suas camisolas e os seus sócios eram genuínos nas suas atitudes.
Para que conste e segundo informação que nos foi fornecida pela Direcção da Associação de Futebol da Horta, o Fayal Sport Club, desde a sua fundação até ao ano de 1970 tinha ganho 15 campeonatos distritais. Nos anos seguintes ganhou 6.
O Angústias Atlético Clube, desde a sua fundação até ao ano de 1970 tinha ganho 16 campeonatos distritais. Nos anos seguintes ganhou 5.
O Sporting Club da Horta, desde a sua fundação até ao ano de 1970 tinha ganho 7 campeonatos distritais. Nos anos seguintes ganhou 11. Actualmente não tem equipa de futebol.
Em honra dos clubes históricos do nosso tempo, adversários do FSC, a seguir se recorda uma das imagens representativas dos muitos jogadores que envergaram a camisola da sua equipa com brio, com garra, com orgulho e com muito amor à camisola do clube do seu coração.

J. Luís

Publicado no Incentivo a 31 de Dezembro 2018

segunda-feira, dezembro 31, 2018

domingo, dezembro 30, 2018

Traquinas


Plantel:

- Dinis Pereira
- Eva Botelho
- Filipe Goulart
- Francisco Silva
- Gonçalo Bettencourt
- Guilherme Medeiros
- Jaime Simas
- João Cândido
- Lourenço Silva
- Lourenço Sousa
- Martim Peixoto
- Rodrigo Guerra
- Salvador Vieira
- Tiago Costa
- Tiago Dias
- Tomás Dart
- Tomás Terra
- Vicente Silva
- Wilson Luz

Treinador: Tiago Teixeira

sábado, dezembro 29, 2018

Petizes


Plantel:

- Afonso Vitorino
- Denis Starinski
- Francisco Garcia
- Francisco Matos
- Frederico Fidalgo
- Gustavo Dias
- Gustavo Medeiros
- Henrique Castro
- Inês Garcia
- Joaquim Melo
- Laura Amaro
- Miguel Dias
- Miguel Silva
- Nadir Sousa
- Tomás Silveira
- Vicente Martins

Treinador: Tiago Teixeira